Search
  • joana rocha

Conversas Com Jovens - Meditação

Hoje, na rubrica Conversas com Jovens, em direto no facebook e Instagram falámos com duas jovens convidadas, Maria Barata, de 20 anos de Cascais e Constância Simões, de 12 anos do Algarve mais precisamente de Portimão.


Foi uma conversa informal durante uma hora em que a Maria frisou a importância de um valor muito importante nos dias de hoje, a bondade, ela acredita que praticando a bondade uma pessoa é feliz. Constância é da opinião que com trabalho e com as pessoas certas do seu lado, ser persistente e "acreditar que conseguimos" vai alcançar os seus sonhos.



Depois das entrevistas falámos sobre meditação, como é que a pratica continuada pode ajudar os jovens a lidar com as suas emoções durante a quarentena. A meditação dada na rubrica de hoje, foi apenas um exercício introdutório para os jovens conseguirem dar o seu primeiro passo e não o fazerem sozinhos, acredito que "juntos somos mais fortes e unidos vamos mais longe". A energia de todos os que participaram em Conversas com Jovens foi uma grande mais valia para os jovens darem os seus primeiros passos na meditação.

Meditação


Sei que muitos jovens, como disse a Mariana Assis no passado domingo, Meditar é uma seca... mas nesta quarentena é muito importante os jovens conectarem-se com eles próprios. O que é que isto quer dizer, o momento de meditação, é um momento em que os jovens não estão a prestar atenção a nada do que se passa no exterior, porque estão de olhos fechados. Isso obriga-os a olharem para dentro. É um momento de pausa, do telemóvel, dos jogos, dos amigos, dos pais, de todas as tarefas do dia a dia, é um espaço só deles, é um tempo só deles.

Estudos recentes da neurociência revelam que, a pratica continuada da meditação traz os seguinte benefícios:

1 – Melhor qualidade de vida.

2 – Ativa a plasticidade do cérebro, que é a capacidade de criar novas e poderosas conexões entre neurónios.

3 – Favorece a concentração e áreas do cérebro que atuam nos processos de aprendizagem.

4 – Autodomínio e autoconsciência.

5 – Reforço da imunidade.

6 – Aumenta ondas alfa, reduzindo o mau humor, tensão, raiva e padrões depressivos.

7 – Quebra da ansiedade e stress.

8 – Modifica o cérebro (aumenta a massa cinzenta).

9 – Desenvolvimento da bondade e compaixão.

10 – As células do corpo envelhecem a um ritmo menor

Mais,

- A meditação proporciona relaxamento.

- Acalma a mente e o coração.

- Liberta as tensões que acumulamos ao longo do dia-a-dia ou provocadas por dores de cabeça, insónia, problemas nas articulações.

- A energia vital (prana) aumenta no nosso corpo físico, consequentemente sentimo-nos mais felizes, em paz e entusiasmados.

- Aumenta a produção de serotonina, melhorando o humor e o comportamento. Proporciona equilíbrio mental e emocional. Amplia a capacidade criativa. Alinha-nos com o nosso interior, para que nos sintamos completos e seguros quanto à nossa tomada de decisões. In “Uma Viagem de Cura pelo Seu Interior”, de Patrícia Jarimba (2017)


No exercício de meditação realizado em direto, não foi pedido para pararem o pensamento, porque simplesmente, não é assim que se começa, nem é assim que funciona a meditação. Parar o pensamento apenas para pessoas com muitos anos de experiência.


O que foi aprendido hoje?


- Postura: Costas direitas com pernas à chinês ou deitado (correção da cabeça)


- Respiração: Ciclo respiratório - Inspiração (prana significa energia vital), retenção cheia, expiração (desapego, soltar o que tens dentro de ti que é tóxico), retenção vazio e volta a inspirar.


Para os ajudar, foi usada a mão direita para sentir a mão esquerda, começaram na base exterior do polegar, iniciando o ciclo respiratório com a inspiração e ao chegarem à ponta do dedo retenção cheia, continuam expirando e quando chegam entre o polegar e o indicador, retenção vazia e assim por diante até os dedos da mão terminarem. (ver imagem em baixo)

5 inspirações e 5 expirações.



Agora mais cinco respirações completas mas com a mão na barriga.

Inspiração, barriga enche de ar (como um balão), expiração, barriga fica sem ar (balão fica frouxo)

Antes de começarem o vosso exercício pontuem a vossa calma com um valor de 1 a 10 (em que 1 é nada calmo e 10 muito calmo).

No final do exercício dar novamente uma pontuação à calma e comparar os valores.

Um exercício de meditação muito fácil que não tira tempo a ninguém e que só traz benefícios!


Aqui fica o link de "Conversas com Jovens" de hoje:

https://www.facebook.com/joanahrocha/videos/10163239289310103/

(Desde já peço desculpas pelas falhas técnicas da rubrica, sons, ect)

“A cada momento aquilo a que prestamos atenção é a nossa realidade”

Pai da Psicologia Ocidental - William James

0 views
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon